Pirassununga. Mulheres são agredidas durante a noite de domingo de carnaval

Três casos de lesão corporal (Violência Doméstica) foram registrados na noite de domingo de carnaval em Pirassununga/SP, dos três, apenas um homem foi preso em flagrante e recolhido na Cela de Triagem permanecendo a disposição da Justiça. Já contra os outros dois, as vítimas solicitaram Medidas Protetivas.

Lesão I

Logo no início da noite, populares detiveram um homem, o qual se identificou como Pintor Autônomo, 35, morador na Vila Santa Fé /Cerrado de Emas. De acordo com os policiais militares Eder e Faria que foram solicitados a comparecerem na Avenida Duque de Caxias Norte, região do Jardim Elite, zona norte da cidade, o suspeito foi imobilizado e seguro por populares até a chegada da viatura policial, pois estava o mesmo agredindo a esposa, uma vendedora de 23.

Segundo a vítima foi agredida com vários socos rosto e braço, pois seu companheiro, o qual é usuário de drogas queria dinheiro, sendo que a mesma negou o valor solicitado. A vítima foi socorrida ao Pronto Socorro e o homem conduzido ao Plantão da Polícia Judiciária onde o delegado de plantão ratificou a voz de prisão dada ao agressor, sendo o mesmo levado para a Central de Vagas, ficando à disposição da Justiça.

Lesão II

Os policiais militares Franco e R. Lopes compareceram numa residência localizada ao longo da rua Ítalo José Mendes de Oliveira, Jardim Ferrari II, zona norte, pois, uma Auxiliar de Produção, 26, teria sido agredida marido com vários socos no rosto, olhos e braços, sendo que o mesmo fugiu antes da chegada a polícia.

A mulher foi socorrida ao Pronto Socorro e em seguida levada para o Plantão Policial, onde foi registrado o BO/PC, sendo que a mesmo solicitou Medida Protetiva.

Lesão III

Os policiais militares Mattos e Mancin compareceram na rua General Osório, onde um técnico de informática de 35 anos de idade teria agredido a esposa, uma Nutricionista de 32 anos, onde a ver a filha sendo agredida, seu pai interferiu para que seu genro não mais agredisse a esposa.

O técnico de informativa alegou que ficou lesionado, ao ser agredido pelo sogro. Segundo a mulher, a discussão foi devido ao mesmo ter ingerido bebidas alcoólicas e queria as chaves do carro para sair com o mesmo, sendo que a mulher negou, o que acabou gerando a Violência Doméstica.

A mulher solicitou Medidas Protetivas.

Fotos
    Nenhuma foto disponível para esta matéria.

Comentários