Sta Cruz da Conceição: Policial Civil prende suspeito de furtar carneiros, aves e peixes

Por volta das 04h00 da madrugada deste domingo de carnaval, 11, pela região do Sítio do Forte, zona rural da cidade de Santa Cruz da Conceição/SP, policial civil, lotado na Central de Polícia da cidade, Rogério Nascimento Santos, prendeu em flagrante por furto, o suspeito de ter praticado furtos na referida propriedade agrícola. O suspeito se identificou como sendo Fiscal de Transporte Coletivo, 24, morador no Jardim Saulo, município de Leme/SP.

De acordo com o policial civil, foi informado durante aquela madrugada que um veículo em atitudes suspeitas estaria indo e vindo pela referida estrada rural, quando então o policial rumou para o local na companhia do vigilante.

Em dado momento, um veículo veio no sentido contrário e ao passar pela viatura policial, o vigilante apontou tal veículo como sendo o suspeito. O policial Rogério retornou e passou a acompanhar o veículo, um Ford/Pampa L, de cor bege, placas de Leme.

Apesar das ordens de parada dada pelo policial através dos sinais sonoros, o homem continuou em fuga, quando em dado momento se perdeu, vindo a se chocar contra um barranco. O suspeito desceu do carro e tentou fuga, porém não obteve êxito.

Na carroceria do veículo cinco carneiros vivos mais de dez aves (galos e galinhas mortas), um peru morto e outro vivo, peixes e redes de emalhar.

O homem disse que tinha dado carona para duas pessoas que não iria declinar os nomes e que não sabia da mercadoria que estava transportando e que os dois indivíduos desceram do veículo na abordagem e fugiu para o interior de um canavial, mas nem o policial e nem o vigilante, não viram ninguém descer do carro, exceto o homem preso.

O funcionário do Sítio em questão foi convidado a comparecer no Plantão Policial onde reconheceu os animais e aves furtados.

Na Central de Polícia Judiciária de Santa Cruz da Conceição foi ratificada a voz de prisão, sendo o mesmo levado para a Central de Vagas de Pirassununga permanecendo a disposição da Justiça.

Fotos

Comentários