Pássaros da fauna nativa são soltos em Pirassununga

Na sexta-feira, 2, após recebimento de denúncia sobre manutenção ilegal de aves silvestres em uma residência localizada na rua Amadeu Berto, Parque Clayton Malaman, zona norte de Pirassununga/SP, os policiais militares, Cabos PMS Furlan e Melo, do 1º Pelotão PMA com sede em Cachoeira de Emas/Pirassununga lograram êxito em localizar os pássaros.

Os policiais constataram a existência de dez (10) aves da fauna nativa brasileira, sendo oito (8) trinca ferros e dois (2) bigodinhos que eram mantidos em cativeiro sem autorização do órgão ambiental competente.

Diante dos fatos, foi elaborado Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 5.000,00, por “infringência” ao artigo 25 Resolução SMA 48/14, sendo que o infrator ainda responderá na esfera penal nos termos da Lei Federal 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais), destacando que as aves foram devidamente reintroduzidas na natureza ficando tal ação registrada pela equipe.

Operação Piracema

Durante este domingo, 4, dando continuidade à "Operação Piracema" pela área do 1o Pelotão de Polícia Militar Ambiental com sede em Cachoeira de Emas?Pirassununga/SP e diante insificação de fiscalização voltada à preservação das espécies nativas da bacia do rio Paraná, equipe de patrulhamento embarcado composta pelos policiais Cabos PMS Godoy e Hebert, quando em patrulhamento pelo rio Mogi Guaçu no trecho do município de Araras (bairro Cascata), lograram êxito em localizar e apreender quatro (4) armadilhas do tipo "covo" ou "barduelo", bem como quatro (4) redes de emalhar que totalizaram cinquenta e quatro (54) metros de comprimento, sendo que tais materiais foram recolhidos à sede do Pelotão para a destinação adequada.

 

 

Comentários